domingo, 30 de outubro de 2016

/

Manteiga Ghee - O que é e como fazer?

Na vida moderna o que mais procuramos são alimentos mais saudáveis, um “novo tipo” de manteiga ganhou destaque, tornando-se praticamente indispensável no cardápio das pessoas adeptas de uma alimentação equilibrada e mais natural possível: o ghee. 

Também conhecido como manteiga clarificada ou manteiga ghi, é utilizado na medicina Ayurveda e na cultura indiana como um alimento curativo e rejuvenescedor.

A manteiga clarificada nada mais é do que um óleo puro, sem toxinas e sal, extraído da manteiga (como o próprio nome diz), num processo em que a água, os componentes sólidos e toxinas provenientes da gordura do leite da vaca são removidos, inclusive a lactose. Por isso, de uma forma geral, pode ser consumida por intolerantes à lactose.

E ai não sou intolerante por que tenho que consumir?
Vou explicar alguns benefícios isso pode esclarecer e tirar suas dúvida para substituir a manteiga tradicional pela clarificada?

Benefícios da manteiga clarificada (ghee) para a saúde

  • É benéfico para o fígado;
  • Fortalece as defesas naturais do organismo;
  • É bom para problemas gastrintestinais (é muito utilizado no tratamento de úlceras);
  • Favorece a saúde dos pulmões;
  • Ajuda a melhorar a memória;
  • Ajuda a deixar as articulações mais elásticas, resultando num menor risco de hipertensão e doenças cardiovasculares;
  • É excelente para a digestão, pois estimula a produção de sucos gástricos;
  • É versátil, podendo ser utilizado inclusive em preparações que vão ao fogo por bastante tempo;
  • Pode ser uma opção para alérgicos à lactose (mas isso depende do nível de sensibilidade da alergia da pessoa, por isso deve ser visto com cautela, e orientado por profissional da saúde).

Ficar curiosos agora vejam como se faz:




O processo de fabricação da Ghee é extremamente artesanal como vocês viram, e é aí que mora o problema. Não é possível afirmar que a separação dos resíduos do leite e da gordura é 100% completa a ponto de remover todas as proteínas do leite. A ghee pode conter traços de leite, que por mínimos que sejam podem gerar sérias reações em crianças e bebes alérgicos a proteína do leite, como choque anafilático, diarreia com sangue ou não, sintomas cutâneos como vermelhidão, coceira, empipocamento entre outros. Muitas pessoas com intolerância a lactose consomem ghee visto que a conduta médica para intolerantes não exige a exclusão total de leite e derivados da sua dieta. Para alérgicos a conduta é muito mais rigorosa, ou seja, não consumir leite e derivados, incluindo traços desses itens.

Espero que tenha esclarecido as dúvidas. Deixem seus comentários. Em breve mais receitas saúdaveis.




2 comentários: